sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Se Os Teus Olhos Forem Bons

Se Os Teus Olhos Forem Bons


22 A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz;
23 Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!” Mt 6:22-23

Em todo tempo queremos estar bem, bem no corpo, bem na alma, bem na mente, no espírito, bem conosco, com os outros, com Deus, enfim, todos nós queremos estar e nos sentir bem em todos os sentidos. Estar bem, significa estar em paz, com saúde, felicidade, amor, tranquilidade! Quem não quer estar ou ser assim? Olhar e ver, pode ser e é um bom começo. Alguns dizem que os olhos são a janela da alma, em outras palavras, a maneira como você vê o mundo, mostrará ao mundo quem você é. Ainda que você tenha uma deficiência como a cegueira. Bartimeu, sendo cego, "viu" Jesus passar e o reconheceu como o Messias, a ponto de o chamar de Filho de Davi, mostrando assim, que cria na linhagem real de Jesus.
Tem gente que mesmo diante de uma boa oportunidade, dependendo da situação, vê a chuva, acha horrível e se esconde dela, outros, na mesma situação acham o máximo e vão tomar banho. Não foi à toa que Cristo disse: “Terão olhos e não verão.” Não verão, nem verão, nem inverno, ou outono, quem dirá a primavera! Quantos de nós, tendo olhos, não vemos e não exercitamos a nossa visão a procurar o bem e o que é bom? No começo, assim que nascemos, abrir os olhos pode ser difícil e chega até a doer, assim como sair de um ambiente escuro para um iluminado, mas nada como a persistência, a coragem, a vontade e o exercício e nos acostumamos a proteger nossa visão quando é preciso e olhar para tudo ao nosso redor com muita naturalidade. Mas e os olhos da alma, do coração? Será que estão numa mesma sintonia?
Jesus passa ao nosso lado, fala conosco, rodeia-nos com pessoas, palavras, ensinamentos, músicas, dias chuvosos, ensolarados, com conversas, conhecimentos, relacionamentos, oportunidades de ajudar ao próximo, de ouvir a palavra de Deus, de conhecê-lo mais, mas não o vemos, pois os nossos olhos estão ocupados demais com os lixos, os ciscos e as poeirinhas que encontramos no caminho e muitas vezes até o bem que encontramos não o reconhecemos como bem e o chamamos de mal. Para esse probleminha, Deus tem uma palavrinha:“Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo!” Isaías 5:20
Estamos ocupados demais, para sermos gratos a Deus pelo bem que Ele nos proveu, só nos achamos interessantes se estivermos criticando acidamente e antes de tudo e principalmente deixamos os nossos olhos se encherem de amargura, crítica, soberba, inveja, murmurações, maledicências... Você pode até pensar: “Fala isso porque não é com você!” Não percamos tempo comparando nossa grama com a do vizinho, pois uma coisa é certa: a grama dele pode até parecer mais verde, mas quem sabe ele não se esforça mais para que isso aconteça, ou seja tudo mera aparência, ou apenas nossa imaginação? Enfim, por que não olhar para nossa grama e cuidar dela e deixar a do vizinho em paz?! Se fizermos assim, certamente a nossa, logo ficará verdinha! Afinal, nada como o olho do dono, não é mesmo?!
Se os teus olhos forem bons, eu te pergunto: seus olhos são bons ou você sempre está vendo maldade, defeitos, erros, escárnios e dificuldade em tudo e em todos? Uma coisa é precaução, outra bem diferente é em toda situação avessa, você ver e acreditar no pior. Ou você consegue ver a mão de Deus trabalhando por trás da situação? Você já parou para limpar a sujeira dos seus olhos que pode estar arruinando o seu corpo e a luz que existe em você? Se não, tente fazer isso, faça-o já, antes que todo teu olho, corpo, mente e aquilo que você vê se tornem trevas tenebrosas e atrapalhe as bênçãos e luz que Deus quer derramar sobre sua vida, mente e corpo. Quer ter um corpo iluminado? Quer ser luz? Quer ver Jesus brilhar em você? Tenha bons olhos e veja com o coração, pois como já dizia o poeta: “O essencial é invisível para os olhos.” Lembre-se que por trás de tudo o que vivemos e enxergamos está a mão de Deus.
Porque Deus não vê como o homem vê, mas Deus vê o coração do homem”.

Virgínia CGN 

Aí vai novamente aquela música que amo muito:

 

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Charles Chaplin - O ultimo discurso de O grande ditador

Amigos, o filme o Grande Ditador de Chaplin é sensacional! A parte do discurso então!

Que este grito ecoe a todas as "Hannahs" deste mundo e que elas possam ver, escutar, terem forças para lutar e acreditar sempre mais uma vez! 
 

"Ergue os olhos, Hannah! 
Ergue os olhos!"


 
 
Texto do Discurso
Desculpe!
Não é esse o meu ofício. 
Não pretendo governar ou conquistar quem quer que seja. 
Gostaria de ajudar - se possível - 
judeus, o gentio ... negros ... brancos.


Todos nós desejamos ajudar uns aos outros. 
Os seres humanos são assim. 
Desejamos viver para a felicidade do próximo - 
não para o seu infortúnio. 
Por que havemos de odiar ou desprezar uns aos outros? 
Neste mundo há espaço para todos. 
A terra, que é boa e rica, 
pode prover todas as nossas necessidades.


O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos. 
A cobiça envenenou a alma do homem ...
 levantou no mundo as muralhas do ódio ... 
e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e os morticínios. 
Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. 
A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria. Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. 
Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. 
Mais do que máquinas, precisamos de humanidade. 
Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura.
 Sem essas duas virtudes, 
a vida será de violência e tudo será perdido.


A aviação e o rádio aproximaram-se muito mais. A próxima natureza dessas coisas é um apelo eloqüente à bondade do homem ... um apelo à fraternidade universal ... à união de todos nós. Neste mesmo instante a minha voz chega a milhões de pessoas pelo mundo afora ... milhões de desesperados, homens, mulheres, criancinhas ... vítimas de um sistema que tortura seres humanos e encarcera inocentes. 
Aos que me podem ouvir eu digo: "Não desespereis!" A desgraça que tem caído sobre nós não é mais do que o produto da cobiça em agonia ... da amargura de homens que temem o avanço do progresso humano. 
Os homens que odeiam desaparecerão, os ditadores sucumbem e o poder que do povo arrebataram há de retornar ao povo. 
E assim, enquanto morrem os homens, 
a liberdade nunca perecerá.


Soldados! Não vos entregueis a esses brutais ... que vos desprezam ... que vos escravizam ... que arregimentam as vossas vidas ... que ditam os vossos atos, as vossas idéias e os vossos sentimentos! Que vos fazem marchar no mesmo passo, que vos submetem a uma alimentação regrada, que vos tratam como um gado humano e que vos utilizam como carne para canhão! Não sois máquina! Homens é que sois! E com o amor da humanidade em vossas almas! Não odieis! Só odeiam os que não se fazem amar ... os que não se fazem amar e os inumanos.


Soldados! Não batalheis pela escravidão! lutai pela liberdade! 
No décimo sétimo capítulo de São Lucas é escrito que o Reino de Deus está dentro do homem - não de um só homem ou um grupo de homens, mas dos homens todos! Estás em vós! 
Vós, o povo, tendes o poder - o poder de criar máquinas. 
O poder de criar felicidade! 
Vós, o povo, tendes o poder de tornar esta vida livre e bela ... 
de fazê-la uma aventura maravilhosa. 
Portanto - em nome da democracia - usemos desse poder, unamo-nos todos nós. Lutemos por um mundo novo ... 
um mundo bom que a todos assegure o ensejo de trabalho, 
que dê futuro à mocidade e segurança à velhice.


É pela promessa de tais coisas que desalmados têm subido ao poder. Mas, só mistificam! Não cumprem o que prometem. Jamais o cumprirão! Os ditadores liberam-se, porém escravizam o povo. Lutemos agora para libertar o mundo, abater as fronteiras nacionais, dar fim à ganância, ao ódio e à prepotência. Lutemos por um mundo de razão, um mundo em que a ciência e o progresso conduzam à ventura de todos nós. 
Soldados, em nome da democracia, unamo-nos.


Hannah, estás me ouvindo? Onde te encontres, levanta os olhos! Vês, Hannah? O sol vai rompendo as nuvens que se dispersam! Estamos saindo da treva para a luz! Vamos entrando num mundo novo - um mundo melhor, em que os homens estarão acima da cobiça, do ódio e da brutalidade. Ergues os olhos, Hannah! A alma do homem ganhou asas e afinal começa a voar. Voa para o arco-íris, para a luz da esperança. 
Ergue os olhos, Hannah! 
Ergue os olhos!

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Lembra-te!

Oi queridos, esse filme que vi na net hoje é muito bom! Assistam!