domingo, 7 de outubro de 2012

Desisto!



Desisto!
Desisto de acreditar em minhas forças.
De confiar no que penso, vejo, sinto ou escuto.
Desisto de tudo aquilo que me faz mal.
Desisto das raivas, dos medos, das angústias, das tristezas, das dúvidas...
Desisto de tentar entender o que é incompreensível.
De tentar ensinar a quem não quer entender.
Desisto de escolher, tomar decisões, falar e de fazer as coisas sozinha.
Desisto de tentar controlar o que é incontrolável.
Desisto do mundo, de suas atrações e distrações.
Desisto de tudo que não tem amor.
Desisto inclusive de mim
Para entregar tudo nas mãos do meu Senhor e Salvador Jesus
Que não desiste de mim, nem de você.

Virginia Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário